Metabologia, Temas gerais em endocrinologia, Tireoide

O que é metabolismo

Origem e significado do termo metabolismo

Metabolismo vem do grego “metabole” que significa “mudar”. Em medicina, o metabolismo é a mudança através de reações químicas sobre diversas moléculas com o objetivo de manter as funções básicas para sobrevivência de um organismo. O metabolismo pode ser dividido em:

Anabolismo: quando substâncias mais simples são transformadas em moléculas mais complexas. Temos como exemplo, no metabolismo da glicose, a formação de glicose em moléculas maiores como o glicogênio (molécula composta por várias glicoses). Se lembrarmos que a glicose é um dos principais combustíveis energéticos do organismo, o glicogênio serve como um “depósito” energético. A insulina é um hormônio que estimula a entrada de glicose e seu estoque como glicogênio no fígado. Outro hormônio muito muito lembrado para anabolismo é a testosterona

Catabolismo: quando substâncias mais complexas são transformadas em substâncias mais simples e resulta em liberação de energia. Como exemplo, em sentido contrário, o glicogênio é “quebrado”, liberando moléculas de glicose em situações onde o organismo precisa de energia. A falta da insulina gera menor entrada de glicose na célula e com isso perda de peso por mobilização de gordura e músculo, caracterizando estado catabólico acelerado. Já o hormônio tiroidiano em excesso pode acelerar também o catabolismo.

Anabolismo e catabolismo também podem ter um sentido mais amplo que o que acontece nas moléculas, podendo se aplicar aos tecidos do organismo. Em situações de obesidade, por exemplo, o anabolismo (formação) de tecido gorduroso supera o catabolismo (consumo) desse mesmo tecido.

O metabolismo é determinado pela quantidade de oxigênio consumido pelo organismo num determinado período de tempo. Quando essa medida é feita em repouso, temos a medida do metabolismo basal. Variações no metabolismo basal podem levar ao aumento ou diminuição do peso, por exemplo, como ocorre nas disfunções da tiroide.

Na obesidade, o metabolismo é sempre lembrado por ter uma preponderância do anabolismo em relação ao catabolismo, secundária a diversos mecanismos e causas.

Gostou do conteúdo desse blog? Compartilhe com seus amigos!
  • 308
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    308
    Shares