Diabetes e hipoglicemia

Diabetes duplo: Quando as características dos dois principais tipos de diabetes se encontram

Se o diabetes tipo MODY é um tipo de diabetes que pode confundir por atingir a faixa etária do diabetes tipo 1 mas não precisa de insulina, e o diabetes tipo LADA pode ocorrer o mesmo por pegar faixa etária mais avançada porém precisar de insulina, mais um tipo conceito surge no espectro da síndrome do diabetes: o diabetes duplo. 

No diabetes duplo, a pessoa inicialmente é diagnosticada como tendo diabetes tipo 1 ou 2, mas ao decorrer do tratamento, as características de outro diabetes vai surgindo. Assim sendo, uma pessoa com diabetes tipo 1 pode desenvolver resistência à insulina que utiliza como tratamento, apesar da resistência à insulina ser uma característica principal do diabetes tipo 2.

Também pode ocorrer num jovem que aparenta na primeira avaliação ser portador de diabetes tipo 2, por ser obeso, porém no sangue podem estar presentes os anticorpos que atacam as células beta, revelando dessa forma que também é portador de diabetes tipo 1.

Acredita-se que a obesidade tenha um papel não só na resistência à insulina, mas também no desencadeamento de autoimunidade nos pacientes que são geneticamente susceptíveis ao diabetes tipo 1. Essa hipótese pode justificar o aumento dos casos de diabetes tipo 1 ao longo dos anos.

Sobre o Diabetes tipo 1 e 2:

Diabetes tipo 1  – é uma doença em que o sistema de defesa do organismo (sistema imune) ataca e destrói as células produtoras de do hormônio insulina (células beta) por meio dos anticorpos. A insulina promove a entrada de glicose da circulante no sangue para as células. Sem essa entrada de glicose na célula, a concentração de glicose aumenta no sangue além dos valores normais (hiperglicemia), o que caracteriza o diabetes. Acomete com maior frequência crianças e adolescentes;

Diabetes tipo 2 – acomete principalmente pessoas numa faixa etária mais avança, acima dos 40 anos. Devido à combinação de obesidade, sedentarismo e fatores genéticos, as células tornam-se resistentes à ação da insulina produzida pelo pâncreas. Os níveis de glicose permanecem elevados no sangue. O pâncreas tenta superar a resistência produzindo mais insulina, o que acaba por levá-lo à exaustão de sua capacidade de produzir esse hormônio após algum tempo.

Modificação de estilo de vida para controle do peso, incluindo dieta e exercícios já sabidamente importantes para prevenção de diabetes tipo 2, podem ser importantes também para prevenção de diabetes tipo 1 em pacientes com diabetes duplo.

Referências

http://www.diabetes.co.uk/double-diabetes.html

Cleland, S. J., Fisher, B. M., Colhoun, H. M., Sattar, N., & Petrie, J. R. (2013). Insulin resistance in type 1 diabetes: what is “double diabetes” and what are the risks? Diabetologia56(7), 1462–1470. http://doi.org/10.1007/s00125-013-2904-2

POZZILLI, P.  et al. Obesity, autoimmunity, and double diabetes in youth. Diabetes Care, v. 34 Suppl 2, p. S166-70, May 2011. ISSN 1935-5548

Gostou do conteúdo desse blog? Compartilhe com seus amigos!
  • 305
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    305
    Shares

2 comentários em “Diabetes duplo: Quando as características dos dois principais tipos de diabetes se encontram”