Círculo azul e diabetes: origem e significado do símbolo

Quem já não viu o círculo azul nas campanhas do diabetes, em pins e mesmo em tatuagens que pessoas com diabetes? No mês de novembro, o azul da luta contra o diabetes pode se confundir com o azul da prevenção do câncer de próstata. O diagnóstico precoce do câncer de próstata tem suas controvérsias, bem como o de mama e tireoide,  mas os impactos causados pelo diabetes não controlado são indubitáveis para os pessoas e para saúde pública.

Como endocrinologista, não tenho como defender um azul diferente que não o do diabetes. Na verdade, até que precisamos de um mês “transparente” (acho que o branco já foi nomeado para algum mês) para não pensarmos em doenças. Mas como médica e cidadã, não posso ignorar a doença tão prevalente que está presente no meu dia a dia por algumas horas, e pelas 24h dos meu pacientes e amigos “docinhos”. Então, resolvi aderir à essa campanha trazendo um pouco de história além de todo material já publicado nesse blog sobre o assunto.

O dia 14 de novembro foi escolhido para ‘World Diabetes Day ‘ ou Dia Mundial do Diabetes, cuja história da escolha desse dia está no postagem anterior. Agora, trago a história do círculo azul, traduzida livremente International Diabetes Federation (IDF), que diz:

SOBRE O CÍRCULO AZUL PARA O DIABETES

O círculo azul é o símbolo universal do diabetes. O objetivo principal do símbolo é fornecer ao diabetes uma identidade comum.

Tem como objetivos:

  • apoiar todos os esforços existentes para aumentar a conscientização sobre o diabetes;
  • inspirar novas atividades, chamar a atenção do público em geral para o diabetes;
  • servir como uma “marca” para o diabetes;
  • fornecer um meio de mostrar apoio à luta contra o diabetes;

O ícone foi desenvolvido originalmente para a campanha que resultou na Resolução 61/225 das Nações Unidas “Dia Mundial do Diabetes”, aprovada em 20 de dezembro de 2006.

A campanha para uma resolução das Nações Unidas sobre diabetes foi uma resposta à pandemia capaz de sobrecarregar os recursos de assistência médica em todos os lugares.

POR QUE UM CÍRCULO?

O círculo ocorre frequentemente na natureza e, portanto, tem sido amplamente empregado desde os primórdios da humanidade. O significado é fortemente positivo. Entre culturas, o círculo pode simbolizam vida e saúde. Mais significativamente para a campanha, o círculo simboliza a unidade.

A força combinada é o elemento chave que tornou essa campanha tão especial. A comunidade global do diabetes  se uniu para apoiar uma resolução das Nações Unidas sobre diabetes e precisa permanecer unido para fazer a diferença. Como todos sabemos: não fazer nada é não é mais uma opção.

POR QUE AZUL?

A borda azul do círculo reflete a cor do céu e a bandeira das Nações Unidas. As Nações Unidas são em si um símbolo de unidade entre as nações e é a única organização que pode sinalizar aos governos em todos os lugares que é hora de combater o diabetes para reverter as tendências globais que poderão impedir o desenvolvimento econômico além de poder causar sofrimento e morte prematura.”

REFLEXÕES PESSOAIS

Prevenir o diabetes tipo 2 não é só no diagnóstico precoce. Como já falado antes, precisamos de políticas públicas e também de iniciativas individuais para que a doença não se manifeste ou tenham um melhor controle. Para essas últimas iniciativas não existe mês específico, deve ser o ano todo.

Quanto ao diabetes tipo 1, que não tem ainda prevenção, a luta inclui o acesso ao tratamento adequado para todos os pacientes, educação em diabetes e todo apoio necessário como aces a equipe multidisciplinar em linhas cuidado especificas, dentre tantas outras coisas que aqui talvez não consiga listar por não ser o meu lugar de fala como de uma pessoa com diabetes tipo 1 ou de seu familiar.

Por fim, não sei exatamente quando foi que comecei a me interessar pela doença. Pode ser que seja por ter visto e ainda ver alguns familiares com a doença, ou a ache tão intrigante que a escolhi como tema para o meu doutorado pesquisas em diabetes tipo 1 – embora a genética não seja única resposta no desenvolvimento das complicações. Pode ser ainda que o interesse se mantenha pelas novidades terapêuticas e tecnológicas constantes que envolve o manejo do diabetes… quem sabe? Mas uma dúvida eu não tenho: ao longo desses anos, encontrei muitas pessoas com diabetes que lutam pela causa e pelas quais eu tenho profundo admiração e que espero contribuir com a minha visão de profissional a popularização do conhecimento através desse blog.

Obrigada por chegar até aqui. Espero que continue explorando o blog.
Não sei se você percebeu, mas não há anúncios em nenhuma das minhas páginas. Optei por assim deixar para tornar sua leitura mais agradável.

Todo conteúdo é gratuito! Contudo, se você deseja contribuir com o meu trabalho para que ele se mantenha e evolua, ou como forma de agradecimento, doe qualquer valor clicando aqui ou no botão abaixo.

Se você não tem como ou não deseja fazer uma doação, não tem problema! Há outras formas contribuir, como deixando o seu like, comentário ou compartilhando esse conteúdo.

Mais uma vez, obrigada!

Suzana

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.