Diabetes e hipoglicemia, Obesidade

Atividade física previne a progressão para o diabetes independentemente da perda de peso

Em 2002 foi publicado um importante estudo sobre a prevenção de diabetes em indivíduos acima do peso e com pré-diabetes, o estudo DPP (do inglês, Diabetes Prevention Program). Nele, foram comparados três grupos de pacientes: o grupo placebo, um grupo ao qual foi prescrito metformina 850mg duas vezes ao dia, e um terceiro grupo que recebeu aconselhamento contínuo para mudança de estilo de vida, com dieta e atividade física de pelo menos 150min por semana, visando uma perda de 7% do peso inicial e avaliada a progressão de pré-diabetes para diabetes.

Após uma média de três anos do início do estudo, nos indivíduos mais jovens, abaixo de 60 anos, a mudança de estilo de vida foi mais eficaz que o uso metformina, que por sua vez foi melhor que o grupo placebo em retardar progressão do pré-diabetes para o diabetes. Já nos indivíduos acima de 60 anos, a mudança de estilo de vida reduziu em 71% o risco da progressão para diabetes, e a administração de metformina mostrou ser uma medida pouco eficaz. Avaliando-se todos os pacientes que fizeram mudança de estilo de vida, o risco para progressão do diabetes reduziu em 58%.

Devido ao sucesso da mudança de estilo de vida, foi oferecido para todos os indivíduos um programa de mudança de estilo de vida e convidados a participar da continuação do estudo DPP, o DPPOS (Diabetes Prevention Program Outcome Study), cujos resultados foram publicados em 2009 e confirmaram a maior eficácia da mudança de estilo de vida quando comparadas a metformina e placebo.

Há poucas semanas, os resultados da observação de uma média de 12 anos desses pacientes foram anunciados durante o Congresso da Associação Americana de Diabetes. Os pesquisadores concluíram que, em todos os grupos de tratamento, a progressão para o diabetes foi menor nos indivíduos que eram fisicamente ativos, especificamente 2% de diminuição no risco, independentemente da perda de peso. O efeito protetor foi mais pronunciado naqueles que eram mais sedentários no início do estudo.

Antes desses resultados, pensava-se apenas que a atividade física tinha benefício apenas no auxílio da perda de peso, entretanto, mostrou-se benéfica por si só na prevenção do diabetes, devendo ser encorajada na prevenção do diabetes, bem como a perda de peso e alimentação saudável.

Referências

http://www.niddk.nih.gov/about-niddk/research-areas/diabetes/diabetes-prevention-program-dpp/Pages/default.aspx

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3135022/

http://www.diabetes.org/newsroom/press-releases/2016/new-dpp-data-indicates-physical-activity-helps-prevent-type-2-diabetes-independent-of-weight-loss.html

Gostou do conteúdo desse blog? Compartilhe com seus amigos!
  • 305
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    305
    Shares